icon-orange
drink

Qual a diferença entre o vinho seco e suave?

Picture of Redação Ymeet :)

Redação Ymeet :)

Somos apaixonados por encontrar fornecedores maravilhosos, talentos, ideias que só precisam de divulgação!

Você é um amante de vinhos? Se sim, então já deve saber que existem vários formas diferentes de classificar os vinhos: tinto, branco, rosé… mesmo quem não consegue apreciar a bebida, conhece esses critérios que dividem o vinho. Mas será que você realmente entende a diferença entre o vinho suave e seco? Você tem alguma preferência ou bebe qualquer um deles?

Entender a proposta de cada vinho é importante para potencializar seu sabor e harmonizar perfeitamente com o alimento. Então chega de tomar sem saber e venha entender com o YDrink a diferença entre eles!

Vinho Suave
Ele não recebe esse nome à toa! Não precisa conhecer de vinhos para notar que seu gosto é mais adocicado. Por isso que muitas pessoas não acostumadas com o vinho, preferem tomar o suave.

Existe um motivo técnico para isso: o vinho suave realmente tem mais açúcar.
De acordo com a legislação brasileira, para um vinho ser considerado suave ele deve ter, no mínimo, 25 gramas de glicose a cada litro.

Vinho Seco
Já o vinho seco tende a ser considerado mais amargo para aqueles que são mais chegados à um sabor doce.
Para um vinho ser chamado de seco, pelas leis do Brasil, ele deve conter, no máximo, quatro gramas de glicose por litro. Isso torna o seu gosto mais puro, sem alterações da glicose.

Formas de produção:
É claro que a maneira como cada vinho é produzido se difere, a começar pelas uvas usadas.

Estamos falando de dois tipos de uva: a vitis vinífera e a vitis labrusca. A primeira é usada na elaboração de vinhos nobres, como o seco. Já a segunda, é responsável pelos vinhos de mesa e sucos de uva. Essa última é utilizada na fabricação do vinho suave e por isso seu gosto se torna mais adocicado.

É possível produzir vinhos suaves com a vitis vinífera, mas, no Brasil, não é tão comum essa prática.

Na produção de vinhos, chama-se de açúcar residual àquele que permanece na bebida depois da fermetação e ele recebe esse nome pois uma quantidade do açúcar é transformada em álcool, durante a fermentação.

Se o açúcar residual for menos que 4 gramas por litro, o vinho é seco!

Qual dos dois vinhos você prefere? Comente!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdos exclusivos no seu email :)

icon-orange

Siga o Ymeet

Utilizamos  cookies. Para oferecer uma melhor experiência de navegação no site.