icon-orange
vida

Constelação familiar: o que é?

Redação Ymeet :)

Redação Ymeet :)

Somos apaixonados por encontrar fornecedores maravilhosos, talentos, ideias que só precisam de divulgação!

Está passando por problemas familiares? Às vezes, lidar com os parentes pode ser uma tarefa difícil. Mas, se sua família está passando por alguma situação sem solução ou apresenta algum problema persistente entre familiares, é preciso procurar ajuda. Já ouviu falar em constelação familiar? Esse método foi criado por Bert Hellinger e é uma forma de auxiliar na resolução de conflitos entre a família. o YVida veio te mostrar um pouco mais sobre suas características
O que é?
A constelação familiar é uma prática considerada terapêutica, uma abordagem que busca entender melhor os transtornos psicológicos relacionados ao ambiente familiar.
Essa trabalho envolve questão que vão além de problemas atuais, mas procura lidar com questões mal resolvidas com antepassados, outras gerações e pessoas que já faleceram. Além disso, a constelação familiar investiga situações presentes no contexto familiar, como resolver problemas entre parentes, solucionar padrões tóxicos nos relacionamentos, ajudar em momentos de traumas e perdas.
Como são as sessões? 
Existem dois tipos de abordagem que são mais comuns na constelação familiar: em grupo ou individual. O método escolhido e o número de sessões varia para cada pessoa e deve ser indicado pelo terapeuta.
Grupo 
Essa é uma forma de teatro sem roteiro, na qual voluntários – que não conhecem o paciente – são chamados para encenar membros da família do indivíduo. Essas cenas são criadas com base nos sentimentos e desejos do paciente, de forma que os participantes devem recriar essas emoções. Assim, é possível reconhecer a dinâmica familiar da pessoa e entender o problema.
Individual
São usados geralmente bonecos para representar os familiares, mas podem ser usados quaisquer objetos que sirvam de analogia para cada situação. A partir disso, o paciente consegue visualizar melhor alguns padrões de comportamento em suas relações.
Substitui a terapia normal?
Não, mesmo que você opte pela constelação familiar, ela é apenas um método complementar, não dispensando a procura por um psicólogo ou psiquiatra, nem substituindo o uso de medicamentos indicados pelo profissional.
Lembrando que constelação familiar é considerada uma pseudociência, não sendo reconhecida pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia) e nem pelo CFM (Conselho Federal de Medicina). Contudo, essa prática é oferecida pelo SUS e faz parte do Programa Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC).

Comentários

Comente aqui :)

Receba conteúdos exclusivos no seu email :)

icon-orange

Utilizamos  cookies. Para oferecer uma melhor experiência de navegação no site.